Parafraseando a Dr.ª Rute Remédios, as opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-a. Neste blog, Julie D´aiglemont dá a sua. Opinião, claro. E nem sempre da forma mais respeitosa. Isso ofende a vossa sensibilidade? Então, ide, ide. Ide ler o programa de um qualquer partido de extrema esquerda, que de certeza é mais consentâneo com vossos princípios morais.





quarta-feira, 2 de maio de 2012

A análise mais lúcida que encontrei acerca do Pingo Doce...

...Foi aqui.

6 comentários:

Confuskos disse...

Muito bom!! Realmente uma bela análise da situação, na qual eu subscrevo totalmente!

Beijinho*

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Ora, nem mais!!

Isto só mostra que o termo: civilizados... é apenas uma palavra que inventamos para parecermos mais humanos (humm... outra palavra inventada por nós)... afinal, somos apenas animais!! :)

Rui da Bica disse...

Eu acho que os portugueses têm o "Síndrome da dor alheia" !
...na verdade ainda não ouvi queixas das/dos "pobres mártires" que foram "obrigados" à força a passar este dia a trabalhar com aquelas contrapartidas !... (???)
.

Anónimo disse...

Pois, pois é tudo muito bonito mas o que eu realmente gostava era que alguém comentasse o facto de a tal promoção ter sido feita precisamente no 1º de Maio.

Porque não fizeram a promoção noutro feriado??? Ou até mesmo num dia de fim-de-semana???

Depois ainda há gente que vem apoiar estes comportamentos quando já se sabe que destes grandes grupos económicos nunca vem coisa boa!

John Doe disse...

Definitivamente os portugueses não têm capacidade de ver para além do imediato.

Mas alguém acha que o Pingo Doce fez aquilo a pensar nos portugueses, tal como disse o director-geral da empresa?

É mais do que óbvio que neste momento há muita gente com a despensa atafulhada de produtos e, como tal, tão cedo não volta a ir às compras, o que, como é fácil de perceber para quem pensar durante 5 segundos, vai causar impacto nas lojas da concorrência.

Acho que para estes "inteligentes" que dizem que isto foi bom para as pessoas, a palavra "monopólio" deve ser sinónimo de um jogo de tabuleiro e nada mais.

Devem estar à espera de terem apenas dois distribuidores a determinar entre sí o preço dos produtos que compramos para depois começarem a queixar-se que a autoridade da concorrência não faz nada (tal como fazem com os combistíveis, por exemplo).

Mas enfim, em relação ao senhor do blog em questão, bastou ver o bilhete do "glorioso" lá no cabeçalho da página para perceber que não se trata de alguém que foi agraciado pela inteligência quando nasceu... Deve ser por termos 6 milhões destes que o país está como está!...

Inês disse...

Eu só estranho o Alexandre Soares dos Santos não saber de nada....se calhar quiseram fazer uma surpresa ao Patrão com uma "black friday" portuguesa.