Parafraseando a Dr.ª Rute Remédios, as opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-a. Neste blog, Julie D´aiglemont dá a sua. Opinião, claro. E nem sempre da forma mais respeitosa. Isso ofende a vossa sensibilidade? Então, ide, ide. Ide ler o programa de um qualquer partido de extrema esquerda, que de certeza é mais consentâneo com vossos princípios morais.





sexta-feira, 3 de maio de 2013

Em contagem decrescente para o comunicado de Passos Coelho

E digo-vos que o espero com a mesma ansiedade com que aguardo o comunicado de Zé-Zé Camarinha*: nenhuma, já sabemos que não é para nos dar nada...

*sim, eu vejo o Big Brother falidos

6 comentários:

O Olhar do Lobo disse...

o zézé camarinha ao menos é um gajo divertido...

Rui da Bica disse...

Idem, aspas, Julie. :)))
Subscrevo totalmente e também sigo o Big Brother.

(achei graça ao "falidos" e é a grande verdade) :))))
.

S* disse...

Cabrãozolas.

Maria Papoila disse...

O que disse a pessoa?

I. B. disse...

Eu vejo o Big Brother e é de longe mais inteligente, honesto, divertido e saudável, que a habitual verborreia deprimente que inunda os canais nacionais a partir das 9 da noite, com os cabeçudos do costume a papaguearem os dois temas únicos: a crise e o défice, ou se foi fora de jogo ou se foi bola-na-mão ou mão-na-bola!

Petra disse...

é divertido... as vezes vejo tb prefiro isso a casa dos degredos isso não conseguia mesmo.