Parafraseando a Dr.ª Rute Remédios, as opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-a. Neste blog, Julie D´aiglemont dá a sua. Opinião, claro. E nem sempre da forma mais respeitosa. Isso ofende a vossa sensibilidade? Então, ide, ide. Ide ler o programa de um qualquer partido de extrema esquerda, que de certeza é mais consentâneo com vossos princípios morais.





terça-feira, 21 de junho de 2011

Ministro das Finanças bloqueado por manifestantes

Na primeira ida ao Ministério das Finanças, esta terça-feira, Vítor Gaspar foi confrontado com uma acção de protesto. Quatro manifestantes tentaram barrar a saída do ministro do edifício, na altura em que Vítor Gaspar se preparava para seguir para o Conselho de Ministros.
Os quatro jovens, dois de nacionalidade portuguesa e dois espanhóis, acabaram por ser afastados por dois elementos da Guarda Nacional Republicana e mais tarde foram identificados pela polícia.
Os jovens manifestavam-se contra a intervenção da troika e apelavam a um referendo sobre a reestruturação da dívida.


Ó fofos, ainda ninguém vos informou que houve eleições e que venceu o partido a que pertence esse senhor que decidiram incomodar?
E não vos disseram que os partidos que não apoiam a intervenção do FMI (PCP e BE) tiveram uma percentagem incipiente de votos?
Ah! Não sabem o que é democracia! Está explicado, então.
E já agora, 2 espanhóis?!?!?! Vão chatear para o vosso país, sim? Nunca ouviram falar de 1640? Ou é preciso soltar as chaimites, pá?

18 comentários:

Lost Soul disse...

eu colocava-os (políticos) todos em fila e fazia tiro ao alvo com uns tijolos(de 2kg...no mínimo)!!! Era só amor!

Prezado disse...

Eu achei piada a como 2 pobres diabos - menos que o numero de jornalistas no momento - têm tanto tempo de antena e como aquilo pode ser chamado de protesto ou manifestação. Se eu apanhar um ministro num semáforo e o mandar pro caralho faço mais mossa.

Julie D´aiglemont disse...

Prezado, tu não estás a perceber? 2 espanhóis?! Vão para a terra deles, carago. O espanhol é um bicho chato, há que ir erradicar o espanhol das nossas culturas. Ass.: Padeirinha de Aljubarrota reloaded.

L.O.L. disse...

AHAHAHAHAHAH. Ganda Padeirinha. ADOREI. :)))))))

RioD'oiro disse...

http://fiel-inimigo.blogspot.com/2011/06/masturbios-xiii-4-indignacaros-4.html

Respeitosa vénia.

CA disse...

É não ter a noção do ridículo.
Não que eu apoie as políticas que vêm a ser seguidas e não ache este liberalismo tão decrépito quanto o esclerosado regime soviético antes da queda. Mas, pelo amor da puta da santa: o homem ainda nem sabe o caminho para o ministério.

FireHead disse...

De facto o povo não deve mesmo saber o que é a democracia. Infelizmente cada vez mais sou a favor duma ditadura desde que o responsável pelo país seja competente... como o Salazar foi. De que adianta vivermos numa democracia se a maioria eleitora é burra, fazendo assim com que os não-burros levem também por tabela? Não é justo, ainda que seja de facto um sistema mais justo. Ironia.

Anónimo disse...

"Suponhamos, pois, que o governo esteja em inteira harmonia com o povo, e nunca pense em exercer qualquer poder coercivo senão de acordo com o que lhe parece a voz deste. Eu nego, porém, o direito do povo de exercer essa coerção, por sim mesmo ou pelo seu governo.
O melhor governo não tem em relação a esse poder título superior ao do pior. É tão nocivo, ou ainda mais nocivo, quando exercido de acordo com a opinião pública do que em oposição a ela. Se todos os homens menos um fossem de certa opinião , e um único da opinião contrária, a humanidade não teria mais direito a impor silêncio a esse um, do que ele a fazer calar a humanidade, se tivesse esse poder."

John Stuart Mill, Sobre A Liberdade de Pensamento e Discussão

AVOGI disse...

mas 4? somente 4 queriam mudar o rumo do país?
agora depois das eleições? geração à rasca...
kis :=)

Tio do Algarve disse...

Achei mesmo ridicula a nano manif. Não pelo número de manifestantes (que o era...), mas pelo conteúdo dos cartazes e pelos manifestantes...Adios, niños!

Dona Laura disse...

O que é que estavam à espera de conseguir 4 gatos pingados, dois deles mouriscos, com esta pseudo-manifestação? Será que não foram informados que o fulano acabou de tomar posse. Deêm tempo ao senhor...

Rui da Bica disse...

Até nem só o facto de serem 2+2 ! ... (até poderemos considerar um incidente caricato), mas mais genericamente pelo desgaste que se dá à palavra "Democracia", tão apregoada há tantas décadas!
Será que quem fala em "Democracia" tem a correcta noção do que isso é, ou será que para esses o seu significado é muito diferente do que consta dos manuais políticos e é entendido afinal como "a vontade das minorias de extrema esquerda" ?
.

Senhor Geninho disse...

Dá um desconto aos espanhóis! Já devem ter visto que não adianta manifestarem-se no país deles e vêm para cá para ver se cola! Os geninhos que lhes barraram o caminho merecem um louvor!! :D

Catarina Reis disse...

Adorei Julie, quanto aos Espanhois já perceberam como funciona o mediatismo em Portugal, e o protagonismo que podem tirar disso, logo, toca a protestar cá. Beijos

Petra disse...

Vão mas é trabalhar caralhinho! olha olha........ beijo

Francisco o Pensador disse...

Julie, não sejas muito má com os Espanhoís porque, ou muito me engano ou daqui alguns anos...Portugal vai voltar a ser uma provincia de Espanha.
Pelo menos, a crer nas sondagens que foram feitas no passado - em particular uma que foi feita em 2006 pelo semanário Sol - e que dava conta que 28% dos Portugueses estavam favoráveis à ideia de haver uma união entre Portugal e Espanha...

http://www.dn.pt/inicio/interior.aspx?content_id=647566)

...mais as recentes notícias de que o Espanhol já está quase a apanhar o Inglês nas escolas...

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1596267

...mais o facto de que a Espanha, mesmo em crise, consegue continuar sempre uns bons 15 anos à nossa frente...não sei, não. Acho que é melhor a gente não se comprometer com ninguém....hahahaha :)

Francisco o Pensador disse...

Quase me esquecia...

FireHead, para quem condena a "burrice" e a mediocridade, o seu comentário não foi particularmente feliz.
Nunca lhe passou pela cabeça que o facto da sociedade portuguesa ser tão "Burra" (segundo as suas palavras) não seja o resultado da fraca estigma que lhe foi deixada pelo Salazarismo?
Ora pense bem...(mas não pegue fogo!)
Diz o ditado, e muito bem, que o "Filho de burro não pode ser cavalo"...ora, sabe me dizer em que época cultural nasceram esses ditos "BURROS" mencionados neste ditado - que hoje são os pais dos "burros actuais" - e quem teve a responsabilidade de os educar/alfabetizar nessa dita época?
É que as enxadas não ensinam nem Friedrich Nietzsche nem Shakespeare nem Victor Hugo nem Molière, meu caro amigo!

Acho simplesmente grotesco e de um idiotismo puro que, de cada vez que seja preciso levar este país para a frente, apareça sempre um "Génio da lâmpada" a dizer que a solução é recuar 40 anos!

Quando todos avançam, nós temos sempre que recuar!!!
Raios parta este país!

Anonim disse...

"E não vos disseram que os partidos que não apoiam a intervenção do FMI (PCP e BE) tiveram uma percentagem incipiente de votos?"

Últimamente tenho ouvido muito este argumento de que os portugueses quiseram votar nos partidos que apoiaram a troika.

Eu quero ver é quando passarem os meses de verão (sim porque agora anda tudo mais preocupado a ver se o guito ainda dá para umas férias decentes que não à porta de casa) e as medidas duras começarem a cair em cima dos portugueses.

Quero ver se quando as manifestações (e as greves) não forem de apenas quatro gatos pingados e sim de várias centenas se vão dar assim tanto crédito à vontade popular.

Nessa altura, vou estar a assistir de bancada e a bater palmas: Votaram? Agora aguentem...

Nota: Quanto aos espanhóis, eu acho que deviam ser eles (por "eles" refiro-me aos espanhóis que estão em Espanha, não a estes dois da mensagem) a dizer aos portugueses para irem para o país deles procurar emprego em vez de irem para os paises vizinhos lixarem o mercado de trabalho dos outros.