Parafraseando a Dr.ª Rute Remédios, as opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-a. Neste blog, Julie D´aiglemont dá a sua. Opinião, claro. E nem sempre da forma mais respeitosa. Isso ofende a vossa sensibilidade? Então, ide, ide. Ide ler o programa de um qualquer partido de extrema esquerda, que de certeza é mais consentâneo com vossos princípios morais.





domingo, 12 de junho de 2011

Ondes estão os tanques de Tiananmen quando são necessários?

Cerca de 60 pessoas deitaram-se este domingo no Rossio, em Lisboa, como forma de protesto contra a «troika» e em defesa de uma vida sustentável, segundo os diversos cartazes que colocaram no torso, noticia a Lusa. O protesto insere-se no conjunto de iniciativas do movimento «Democracia Verdadeira Já», que dia 19 se volta a manifestar, desta feita frente ao Cinema S. Jorge, na Avenida Liberdade, em Lisboa. Até lá irão reunir «grupos de trabalho», um debate sobre a violência e uma assembleia popular no Rossio no dia 18. «Contra a troika», «Por uma vida sustentável», «Deitada pela mudança de nós», «Menos Ter, Mais Ser», «Quem não Deita Consente», eram algumas das frases escritas em folhas de papel presas aos corpos dos que se deitaram na praça. Na opinião de Raquel Bravo, «deviam ser mais» os deitados, mas reconheceu que «é um processo que vai demorar».

Assim sendo, vou iniciar já amanhã o meu protesto: em vez de me levantar às 06.30 da manhã para ir trabalhar, vou protestar deitada na minha caminha. Por volta das 13.00H, protestarei em frente a uma francesinha. À tarde, o meu protesto terá lugar na esplanada da praia da Luz, na Foz do Douro. O protesto nocturno decorrerá nos bares da Rua das Galerias de Paris.
Jovem, conto contigo. Vem protestar comigo!

15 comentários:

Malena disse...

Estou contigo!! Excepto na caminha... :P

AVOGI disse...

e vivó velho! como se diz por aqui para acabar a conversa!

Hayley Nyya* disse...

Olá! Juro que quando li o comentário me desmanchei a rir! Mas é que vou mesmo fazer isso! ahahah xD Eu alinho nesse protesto, sem dúvida!

Ana Sofia Santos disse...

nem sentada quanto mais deitada

M. disse...

Gosto de protestos. É sinal de alhum pensamento... De alguém que se interessa e se preocupa com algo para além do umbigo...Podem estar errados, mas fazem-no por uma causa...


:)

Pusinko disse...

Amanhã é o feriado do Pentecostes.
Não posso protestar porque ninguém vai trabalhar.
Posto isso, vou adiar e juntar-me à causa na 3a. Ainda vou a tempo?

Beijooo

Helena disse...

eu punha o pessoal todo que se deitou no rossio, numa residencia de trabalhadores no meio do alentejo, e punha-os a cultivar hortas e assim.

CA disse...

À falta de tanques, que venham os submarinos do Portas. lolol

Petra disse...

Yhey! grande programa! posso ir?
Protesto contigo!!!!!!!!!!

Fresco e Fofo disse...

Já agora, vem tanta coisa da China...
Mas eu não iria tão longe. Para quê ir há China, quando temos tanto fascismo escondido atrás de fachadas muito bem pintadas com as cores da democracia?
Há que dar prioridade ao produto nacional. ;P

Anónimo disse...

Os tanques vão ser necessários é para controlar os bairros de Lisboa e o Algarve.

O Paulinho dos Submarinos, aqui há uns tempos atrás só falava na insegurança pública mas agora que temos os angolanos aos tiros com os cabo-verdianos (isto já parece o Ruanda!!!) preferiu falar, na campanha eleitoral, nos reformados e na agricultura.

Se calhar ainda vai vender os submarinos e comprar tanques e ganhar uns "trocados" com o negócio.

Tio do Algarve disse...

Eu já protestei hoje! Levantei-me às 10! Mas como é feriado na maoir parte do país, tenho que voltar a protestar, pois soube a pouco...

Para estes protestatne bastava uma bicicleta a pedal. Não eramprecisos tanques :)

m.a.g. disse...

Credo! Não é preciso exagerar. É mandá-los aqui para o Douro pugnar pelo teor do discurso de Cavaco no 10 da graça do calendário.

ricman disse...

protesto que é protesto tem de se manifestar através de considerável e abrangente exposição cutânea: independentemente da cuasa, se querem atrair a atenção MOSTREM AS MAMAS.

Caso contrário a única imagem que fica do protesto é mesmo um bando de idiotas deitados SEM um tanque a passar-lhes por cima.

Dylan disse...

Onde estão os tanques com água e desinfectante queres tu dizer!...