Parafraseando a Dr.ª Rute Remédios, as opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-a. Neste blog, Julie D´aiglemont dá a sua. Opinião, claro. E nem sempre da forma mais respeitosa. Isso ofende a vossa sensibilidade? Então, ide, ide. Ide ler o programa de um qualquer partido de extrema esquerda, que de certeza é mais consentâneo com vossos princípios morais.





sexta-feira, 24 de junho de 2011

O que diabo se passa com as crianças chinesas?

Primeiro, foi um petiz que se enfiou num buraco estreito de onde ninguém o conseguia tirar.
Depois, outro caiu de um 8º andar e só o aparelho de ar condicionado impediu que morresse.
Houve outro que ficou preso numa escada rolante.
Agora, um caiu de um apartamento e ficou pendurado pela cabeça.

Parece-me que as crianças chinesas têm um instinto de auto-preservação semelhante ao das baleias suicidas que inexplicavelmente dão à costa.

Manjerico versus manjerico

Ó meu rico S. João
Eu pedi-te um manjerico
Não percebeste a intenção
E mandaste um mafarrico.

Separados à nascença (#25)

Não acham Francisco Assis assustadoramente parecido com Newman, o vizinho carteiro de Seinfeld?

terça-feira, 21 de junho de 2011

Ministro das Finanças bloqueado por manifestantes

Na primeira ida ao Ministério das Finanças, esta terça-feira, Vítor Gaspar foi confrontado com uma acção de protesto. Quatro manifestantes tentaram barrar a saída do ministro do edifício, na altura em que Vítor Gaspar se preparava para seguir para o Conselho de Ministros.
Os quatro jovens, dois de nacionalidade portuguesa e dois espanhóis, acabaram por ser afastados por dois elementos da Guarda Nacional Republicana e mais tarde foram identificados pela polícia.
Os jovens manifestavam-se contra a intervenção da troika e apelavam a um referendo sobre a reestruturação da dívida.


Ó fofos, ainda ninguém vos informou que houve eleições e que venceu o partido a que pertence esse senhor que decidiram incomodar?
E não vos disseram que os partidos que não apoiam a intervenção do FMI (PCP e BE) tiveram uma percentagem incipiente de votos?
Ah! Não sabem o que é democracia! Está explicado, então.
E já agora, 2 espanhóis?!?!?! Vão chatear para o vosso país, sim? Nunca ouviram falar de 1640? Ou é preciso soltar as chaimites, pá?

O Pintinho é um mister, um sinhor!

Declarações do Pinto Rei acerca de Villas-Boas:

Descrição da tomada de posse

O jornalista Filipe Caetano, do TVI 24, fez uma descrição da tomada de posse do novo Governo... hmm... original. Digamos que esteve atento aos pormenores que realmente interessam:

Ritual de passagem no Palácio da Ajuda, com a tomada de posse do XIX Governo Constitucional. As novas caras cruzam-se com as antigas. E há aquelas que parecem estar em todas. (exibicionistas!) Alberto João Jardim é uma delas e não quis faltar, (não quis ou não pôde…) não escondendo a satisfação por ver o PSD novamente no poder do Governo da República.

Grande parte das atenções estavam viradas para Passos Coelho e para os seus ministros. (Será que era por, lá está, ser a tomada de posse deles?) Vítor Gaspar aparece pela primeira vez em público depois de ter sido indicado como novo titular das Finanças e Álvaro Santos Pereira surge sorridente, acabadinho de chegar do Canadá. (Fresco que nem uma folha de plátano) Os restantes independentes (Paulo Macedo e Nuno Crato) revelam serenidade, uma vez que já estão acostumados a actos públicos similares. (faltou dizer que os outros deveriam ter tomado Xanax)

Passos Coelho chegou à hora marcada, poucos momentos antes das 12:00, acompanhado da sua esposa Laura, em vestido rosa fucsia, por sinal muito elegante. (Isso é que é importante, se o vestido fosse vermelho, o caldo entornava) Só terá sido suplantada pela classe simples de Gabriela Canavilhas. (De que cor era o vestido de Gabi? Assim ficamos na dúvida) Enquanto assistia à tomada de posse do novo Governo, Laura teve de sentar-se na primeira fila ao lado de José Sócrates. (Mas portou-se bem e não lhe passou nenhuma rasteira)

O ex-primeiro-ministro manteve-se calmo, cumprimentando brevemente quem o abordava e esboçando um sorriso parcimonioso. Não se conhecem as suas palavras, a não ser os desejos de felicidades dados ao seu sucessor, já na fase de cumprimentos. Um prolongado aperto de mão e a sensação de fim de ciclo. (graçadeus, né) Paulo Portas assiste à cena de perto, procurando ler na expressão de Sócrates algum sentimento genuíno. (debalde, nunca alguém conseguiu tal proeza e sobreviveu) A frieza do ex-primeiro-ministro só é quebrada com Assunção Cristas, que teve direito a algo mais do que um simples cumprimento. (o quê? O quê? Mas ela é casada! Sócrates, sai de cima da Assunção)

Pouco antes tinha sido a vez de Cavaco Silva dar as boas-vindas ao novo elenco governativo. Demorou-se com Passos Coelho, Vítor Gaspar e Santos Pereira, mas foi brevíssimo com os ex-ministros. (a sério? Estaria cansado de os aturar? Não se percebe!) A excepção foi para Mariano Gago, talvez por ser precisamente o ministro há mais tempo numa só pasta e talvez o menos contestado de todos. (uns são filhos, outros são enteados)

A cerimónia decorreu, de resto, com normalidade na bela sala dos embaixadores, com uma plateia de luxo e os discursos da praxe. Os novos ministros cumpriram o juramento e assinaram o livro de tomada de posse. Quase todos trouxeram as suas canetas, muitos deles sem pinga de luxo, (tão pobrezinhos, tadinhos) e só Pedro Mota Soares ostentou uma Mont Blanc, que curiosamente foi a única a falhar. (Karma is a bitch) O novo titular da pasta da Segurança Social viu-se forçado a usar a caneta que estava na mesa, disponibilizada pela Presidência da República. (Fornecida pelo Cavaco? Então, era uma Bic cristal escrita normal)

No exterior do Palácio, os protestos da praxe, desta vez protagonizados não só pelos Homens da Luta, mas também pelo Movimento Democracia Já. (Pelos vistos, a ciganada deixou o acampamento) As reivindicações dos dois grupos chegaram a ser ouvidas junto à sala dos embaixadores, gritando vivas «aos cortes salariais, aos impostos e ao desemprego», Jel e Falâncio deslocaram-se para a frente do Palácio, depois de terem abandonado as traseiras do edifício. Através de um megafone, Jel apelou ao «cumprimento das ordens do FMI» e gritou: «Nós apoiamos quem quer austeridade». (E nem isso fez os acampados perceberem no que se tinham metido?)

Vários políticos tiveram direito a reinterpretações de canções conhecidas. O «ministro dos submarinos», numa referência a Paulo Portas, foi brindado com um versão de «Yellow Submarine», dos Beatles, e o «Camarada Zé Sócras» recebeu uma «sentida homenagem» porque tem «mais encanto na hora da despedida». (Aliás, é o único encanto que se lhe conhece)

O aparato dos Homens da Luta chamou alguns populares, que se queixaram que «o Palácio [da Ajuda] só serve para festas e jantares». (E podia ser tão bem aproveitado para habituação social! Há por aí umas pessoas acampadas que precisam de tecto e tudo…)


No fim, fiquei na dúvida se por engano teria estado a ler a Caras on line ou assim...

Não sou a única a cometer gaffes

Um cliente acabou de se despedir de mim ao telefone com a maravilhosa frase "muitos beijinhos". Percebeu imediatamente o erro, emendou com "um abraço", engasgou-se e eu rematei com um "até logo" e desliguei para lhe acabar com a miséria. Tadinho!
Tenho clientes tão catitas! Um dia tenho de contar aqui histórias acerca de alguns deles.

Cabrão do russo!

Quer-nos levar tudo!
Não faz mal, o Pintinho fica cá. No worries.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Vi as fotos do baptizado do filho do CR7...

...E conclui que...

O fotógrafo era a pessoa mais bem vestida da festa:

2ª Feira é dia de gente sensual (#14)

Não sei o que dizer acerca da foto: se mencione a criança, se a lingerie da criatura, se os dentes desta...

sábado, 18 de junho de 2011

Por um momento, sorri de felicidade com o Ministro das Finanças...

Confesso que não sabia quem era Vítor Gaspar. Por isso, googlei o nome. E uma das imagens que me apareceu foi esta:Mas não, é um homónimo.
Acho que o Passos Coelho deveria reconsiderar. Este, com aquela boquinha de bico, era capaz de conseguir mais dinheiro para Portugal do que qualquer catedrático.

Já viram um idiota entre aspas?

Não? Então, vejam aqui.

Love

Se adoro o Nuno Crato, amo o Francisco José Viegas, o novo Secretário de Estado da Cultura. Desde o programa de televisão "Escrita em Dia". E, como bónus, não há ninguém que eu goste mais de ouvir falar do meu Fê Cê Pê.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Like

Acalento grandes esperanças do desempenho de um homem que escreve livros de divulgação de tal forma competentes, que consegue inculcar conceitos científicos a uma nabiça como eu, que mal sabe somar 2 mais 2.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Homens (#2)

Qual a diferença entre um palhaço e um homem de meia idade?
Ambos agem de forma ridícula, mas o palhaço tem consciência disso.

Lembrei-me desta piada quando vi esta notícia acerca de Rod Stewart.
Antes de me chamarem insensível, tenham a bondade de notar que estou a designar de "homem de meia idade" um sexagenário.

Homens

A célebre frase "as mulheres precisam tanto de um homem como um peixe de uma bicicleta" é refutada por esta BD:


terça-feira, 14 de junho de 2011

Notícia tipo "quanto mais conheço os homens mais gosto do meu cão"

A polícia da província de Shandong, no leste da China, devolveu aos compradores 29 crianças resgatadas a redes de tráfico de bebés, por não encontrar os seus pais biológicos (aqui).

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Índice de liberdade económica 2011

Ver aqui em que lugar está Portugal.
Fazer trocadilhos de toda a espécie.
En passant, reparar que estamos um lugar mais acima do que a Albânia (Major Tomé* e restantes membros do Bloco de Esquerda: estamos prestes a atingir a vossa utopia!).

Link ignobilmente roubado daqui.

*ESCLARECIMENTO ADICIONAL: O nome do excelso Major não foi escolhido aleatoriamente. Nos anos 90 do século passado, o utópico militar foi convidado do Herman José no programa "Parabéns". Depois de algumas tentativas de demarcação do regime da então recém extinta União Soviética, o entrevistador perguntou-lhe qual era, então, o paradigma de regime ideal. Para grande surpresa de todos, o ruivo visionário respondeu que era a Albânia. Ora, não vamos esquecer que o partido do qual Tomé era dirigente era a UDP, que junto com o PSR e o Política XXI enforma o Bloco de Esquerda, esse partido tão centrado em causas fracturantes e que atrai tantos jovens com as prioridades bem definidas...

2ª Feira é dia de gente sensual (#13)

Caros desocupados que perdem tempo no antro de podridão que é este blog: o homem da foto é um exemplo para todos vós. Não porque exercite a sua musculatura, mas porque provoca o exercício dos músculos alheios: os da cara, que se activam com as gargalhadas.
Vá, vá! Ide todos seguir este nobre exemplo.

Este post é dedicado à Pusinko, que além de adorar exercício físico, forneceu-me a fonte onde fui roubar esta imagem.

domingo, 12 de junho de 2011

quinta-feira, 9 de junho de 2011

"Comissão Global de Políticas sobre Drogas" apela à descriminalização das drogas

Personalidades como Fernando Henrique Cardoso, Kofi Annan e Mario Vargas Llosa querem a legalização do consumo de drogas para combater o narcotráfico. Portugal é dado como um bom exemplo (notícia aqui).
Pode ser uma posição polémica, mas aposto que o bombeiro do clip abaixo concorda:

video

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Tó Zé Seguro, "o jovem mais velho de Portugal"

Só umas perguntitas estúpidas: há uns anos, o António José Seguro não era chamado pelo Contra Informação de "jovem mais velho de Portugal", porque justificou que se candidatava ao Parlamento Europeu por estar cansado?
Agora que já não é tão jovem, estará suficientemente repousado para enfrentar a batalha pela sucessão do querido líder?

Sabes que o país está em crise quando...

...Descobres em todas as paragens de autocarro publicidade a uma nova série de televisão protagonizada por Steven Seagal:
Já não bastava que Portugal fosse o único país do mundo em que os filmes do lacónico texugo* estreiam no cinema, agora também temos honras de estreia mundial?
Isto está pior do que eu pensava!

* Aviso já os fãs do senhor que sou grande apreciadora da sua obra quando encarada como comédia. Mas convenhamos que, além de quase não falar, está gordo como um chino.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

2ª Feira é dia de gente sensual (#12)


video

Este é um post multi-media: a imagem deve ser visionada enquanto se ouve o clip.

Post dedicado a GM e Ricman (grande apreciador da obra de Graciano Saga).

domingo, 5 de junho de 2011

Jerónimo dde Sousa é o líder mais ecológico...

...Porque recicla os discursos de eleição para eleição: nunca vi um partido vencer tantas vezes com resultados tão distintos!

sábado, 4 de junho de 2011

Felicidade é...

O que sinto neste momento!
Um problema aparentemente insolúvel parece poder resolver-se!

O pessimismo e sarcasmo prosseguirão nos próximos dias, mas hoje ser-lhes-ão dadas tréguas.

O absurdo português: em equipa que está a perder não se mexe

video

Medina Carreira, que foi Ministro das Finanças de Mário Soares (e que abandonou o PS por não concordar com as políticas económicas do Governo), já há bastante tempo anteviu o que se iria passar, designadamente que o Primeiro Ministro iria tentar arranjar uma crise para provocar eleições.
Pelos vistos, não sou a única que acha que qualquer um faria melhor do que Sócrates: Medina Carreira diz que preferia uma dona de casa no Ministério das Finanças.
Mas os portugueses têm medo da direita, o grande papão que pode acabar com a vida próspera a que estamos habituados! Estão a gozar comigo? Acham mesmo que a direita é que é uma ameaça? Não acham que já estamos na ruína? Mais uma vez, Medina Carreira: nos últimos 15 anos o PS esteve 13 a governar. Não foi por falta de estabilidade política que governaram tão mal.

Video retirado de O Cachimbo de Magritte.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Separados à nascença (#24)


Ambos são metrosexuais.
Ambos são líderes carismáticos.
Ambos têm um grave problema com a existência de liberdade de imprensa.
Ambos são suspeitos de negócios ilícitos.
Ambos são corruptos.
Ambos são muito contestados por uma parte da população.
Ambos vencem todas as eleições a que se candidatam.

Acho muita piada à esquerda portuguesa, que critica os italianos por continuarem a dar o seu voto ao Berlusconi. Porque os portugueses são muito mais espertos!
Vai uma aposta em como no Domingo o Socras volta a vencer?

Por favor, não me digam que o Sócrates vence porque não há melhor. Esse é um falso argumento, porque o cerne da questão é que não há pior.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Caro Sr. Carlos Cruz:

Tendo em conta que hoje é:
- dia da criança,
- dia europeu sem calças;
- dia mundial do leite...
Não se entusiasme, que não vale comemorar tudo ao mesmo tempo.

Dia da criança (#2)

PRINCÍPIO 9º da Declaração dos Direitos da Criança
A criança gozará protecção contra quaisquer formas de negligência, crueldade e exploração.

Dia da criança

PRINCÍPIO 8º da Declaração dos Direitos da Criança:

A criança figurará, em quaisquer circunstâncias, entre os primeiros a receber protecção e socorro.