Parafraseando a Dr.ª Rute Remédios, as opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-a. Neste blog, Julie D´aiglemont dá a sua. Opinião, claro. E nem sempre da forma mais respeitosa. Isso ofende a vossa sensibilidade? Então, ide, ide. Ide ler o programa de um qualquer partido de extrema esquerda, que de certeza é mais consentâneo com vossos princípios morais.





quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Vamos lá ver se eu percebi...

A Katy Perry resolveu levar a avozinha de 90 anos aos Grammys.
À primeira vista, parece uma atitude fofinha.
Depois reparamos que a boa da Katy envergava um vestido branco diáfano e um par de asas de um tamanho assustador.
Meus amigos, isto não é ser boa neta, isto é querer que a velha pense que encontrou o anjo da morte e estique o pernil ali mesmo.

2 comentários:

Teresa disse...

lolol nem mais!

Anónimo disse...

Gosto mais da etiqueta "KATY PERRY QUER MATAR A AVÓ" do que tudo o resto. Ma-ra-vi-lho-so!

L.