Parafraseando a Dr.ª Rute Remédios, as opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-a. Neste blog, Julie D´aiglemont dá a sua. Opinião, claro. E nem sempre da forma mais respeitosa. Isso ofende a vossa sensibilidade? Então, ide, ide. Ide ler o programa de um qualquer partido de extrema esquerda, que de certeza é mais consentâneo com vossos princípios morais.





terça-feira, 15 de novembro de 2011

Ministro da Economia diz que o próximo ano irá marcar o fim da crise

Notícia aqui.
Palpita-me que Álvaro irá fazer uma viagem a Matosinhos para obter esse milagre.

11 comentários:

Izzie disse...

Só me pergunto se era mesmo preciso ir ao Canadá para arranjar um palerma deste calibre, quando cá já temos tantos.

S* disse...

Dasse. Tenho medo desse homem.

Blizard Beast disse...

Acho que o fim da crise é um milagre bem mais difícil para qualquer deus do que os que constam nesta foto.

Turista disse...

Querida Julie, estamos entregues à bicharada! :P

AC disse...

shiiii, que o homem até cura marrecas...
Casado com uma mulher que não tinha útero e com dois filhos..hehehe, chamam pai a outro:)

Estudante disse...

Ahaha x) muito bom!

Senhor Geninho disse...

É incrível como de governo para governo as doenças alastram de uma forma escandalosa! O anterior Ministro afirmava a pés juntos que estavam todos em crise menos nós. Este Ministro padece do mesmo mal ao vir dizer que para o ano ela vai acabar... Estas viroses intelectualmente transmissíveis são uma praga...

Daniela disse...

oh my fucking god. como é que é possível???? ...

AVOGI disse...

"O início do fim da crise". adorei esta frase dita pelos nossos governantes
kis :=)

Ana Sá disse...

Credo, ex tudo! Mas a melhor é a mulher não ter útero e ter filhos...

margarida disse...

O Profeta Luís Cláudio é o maior! Foi ele que fez o anúncio sozinho? Que espetáculo ;)