Parafraseando a Dr.ª Rute Remédios, as opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-a. Neste blog, Julie D´aiglemont dá a sua. Opinião, claro. E nem sempre da forma mais respeitosa. Isso ofende a vossa sensibilidade? Então, ide, ide. Ide ler o programa de um qualquer partido de extrema esquerda, que de certeza é mais consentâneo com vossos princípios morais.





quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Espanhóis

O  Primeiro-ministro espanhol, em visita oficial a Portugal, iria conhecer uma escola do Porto. E o director da escola foi preparar os seus alunos para receberem bem a importante visita.
- Vocês devem ser educados com o senhor Rajoy. Joãozinho, eu vou-te perguntar o que é a Espanha para nós. E  respondes que a Espanha é um país amigo.
- Não, senhor director! A Espanha é um país irmão.
- Muito bem, Joãozinho. Mas não é preciso tanto. Diz apenas que a Espanha é um país amigo.
- Não e não, a Espanha é um país  irmão!
- Está bem, Joãozinho. Mas porque é que achas que a Espanha é um país irmão e não um país amigo?
- Porque os amigos nós podemos escolher!

4 comentários:

"El" Vultus Dragon disse...

Por que é que há tantos partos prematuros em Espanha?
Nem as mães aguentam um espanhol por 9 meses!

----

O que se deve atirar a um espanhol que se está a afogar?
- O resto da família.

----
Qual é a diferença entre os espanhóis e os terroristas?
Os terroristas têm simpatizantes.

"El" Vultus Dragon disse...

Porque é que não há terramotos na Espanha?
Porque nem a terra os engole...

Maria disse...

Pois, o Joãozinho têm toda a razão. Eheheh.

FireHead disse...

Hahaha, isso é o que diziam os polacos dos russos nos tempos do comunismo soviético. :)