Parafraseando a Dr.ª Rute Remédios, as opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-a. Neste blog, Julie D´aiglemont dá a sua. Opinião, claro. E nem sempre da forma mais respeitosa. Isso ofende a vossa sensibilidade? Então, ide, ide. Ide ler o programa de um qualquer partido de extrema esquerda, que de certeza é mais consentâneo com vossos princípios morais.





quinta-feira, 1 de abril de 2010

Inspirações Pascais


"Porquê acusar o próprio Deus? Ele sente-se tão triste quanto nós. Depois da morte do seu pobre filho, não tem gosto por nada e até mal come, petisca. Duvido que envie a este mundo nem que seja um dos seus sobrinhos. Os homens tiraram-lhe a vontade de pôr a família a viajar".
Erik Satie

2 comentários:

Lusty disse...

E eu que pensava que esse senhor era só um excelente compositor! Percebo agora porque alguns acreditam que ele foi o percursor do black metal!

Julie D´aiglemont disse...

Não sabia disso... mas fico contente. Satie ruleeesss!