Parafraseando a Dr.ª Rute Remédios, as opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-a. Neste blog, Julie D´aiglemont dá a sua. Opinião, claro. E nem sempre da forma mais respeitosa. Isso ofende a vossa sensibilidade? Então, ide, ide. Ide ler o programa de um qualquer partido de extrema esquerda, que de certeza é mais consentâneo com vossos princípios morais.





domingo, 23 de janeiro de 2011

Presidenciais (#6)

Alguém me explica a clivagem política entre Norte e Sul?
Se na década de 70 realmente tivessem cortado o país em Rio Maior, parece-me que o resultado seria bastante diferente.

5 comentários:

Martini Bianco disse...

sem o sul não haveriam comunas.. seria maravilhoso...

Escárnio disse...

Foi no mínimo interessante ver ontem o Cavaco tão alegre e o Alegre a tocar cavaquinho... Quanto ao Nobre, dos anti-candidatos, até nem se saiu mal. Não ficou muito longe de estar, também ele, alegre.

Catarina Reis disse...

As eleições são sempre um espetáculo digno de se ver. Beijos

Anónimo disse...

Teria preferido o Coelho da Madeira...(que é mais nosso do que o Coelho da Páscoa... que esse é do outro extremos do mundo!!!). Em consciência votei no Nobre, que cosidero HUMANISTA, mas nos dias de hoje precisamos de mais qualquer coisa do que só nobreza... ai, o coelho é que era!!! Ganhou a solução do conformismo... Vamos ver se há distribuição de dividendos de acções...Adoro o Blog

Dezito (André Sousa) disse...

Se gostas de cinema visita

Febre da 7ªarte

Cumps