Parafraseando a Dr.ª Rute Remédios, as opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-a. Neste blog, Julie D´aiglemont dá a sua. Opinião, claro. E nem sempre da forma mais respeitosa. Isso ofende a vossa sensibilidade? Então, ide, ide. Ide ler o programa de um qualquer partido de extrema esquerda, que de certeza é mais consentâneo com vossos princípios morais.





segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Ex-ministra de Sarkozy confunde inflação com sexo oral

Rachida Dati, ex-ministra da Justiça de França, está a ser alvo de várias piadas na internet, depois de se ter cometido uma ‘gaffe’ durante um directo televisivo, tendo confundido “inflação” com “felação”.

Quanto a mim, é um equívoco perfeitamente explicável, porque ultimamente a inflação assemelha-se muito a felação: anda na boca do povo, que se sente fodido... (pois, não resisti a uma piada óbvia)

7 comentários:

Manuela disse...

Boa, Julie :)

Julie D´aiglemont disse...

Obrigada por apreciar as minhas piadas brejeiras, Manuela. Sinto-me menos sozinha, eh!eh! Beijinhos.

Miss Murder disse...

LOL eu vi isso, e depois recusou-se a responder...

Osk disse...

ahahha..muito boa a sua comparação!

Dora disse...

Há uns estava em conversa com umas pessoas e ninguém sabia o que era um "felatio". Isso sim é grave porque tinham todos quase 30 anos.

Julie D´aiglemont disse...

Dora: mas de certeza que estavam familiarizados com a expressão "broche", não? Uma vez aconteceu-me o mesmo com uma amiga que não sabia o que era uma lésbica, mas sabia o que era uma fufa...

Catarina Reis disse...

Uma piada óbvia mas integrada.
Beijos