Parafraseando a Dr.ª Rute Remédios, as opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-a. Neste blog, Julie D´aiglemont dá a sua. Opinião, claro. E nem sempre da forma mais respeitosa. Isso ofende a vossa sensibilidade? Então, ide, ide. Ide ler o programa de um qualquer partido de extrema esquerda, que de certeza é mais consentâneo com vossos princípios morais.





segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Ex.ma Sr.ª Dr.ª Isabel do Carmo:


Eu sei que a senhora é uma reputada clínica, com importantes estudos publicados no domínio da endocrinologia.
Sei também que V. Ex.ª foi, em tempos, apologista do uso de explosivos para tratar da saúde de algumas pessoas com inclinações políticas diversas das suas. Acredite que não lhe quero mal por isso (também não lhe quero bem, é certo).
O que me incomoda é V. Exª escrever livros acerca da obesidade, apesar de ser gorda.
Também não me parece que as mulheres na maturidade a queiram como guia, uma vez que V. Ex.ª não é propriamente a imagem de uma Vénus renascida.
Assim, a bem das vendas dos seus livros, venho sugerir-lhe o seguinte: que tal voltar a passar à clandestinidade, como nos tempos das Brigadas Revolucionárias?
Cumprimentos,
Julie.

4 comentários:

Teresa disse...

LOL! Já tinha saudade destes posts!

Teresa disse...

As RP da editora deviam ler isto e repensar a estratégia. :)

Catarina Reis disse...

Os livros começam por vender pela capa, deviam ter pensado nisso.
Beijos

Dora disse...

Tadinha da Dra. Mas olha que ela actualmente já não é gorda. Já perdeu peso.

Tenho dois livros dela "Magros, gordinhos e assim-assim" e "Puta de Prisão".