Parafraseando a Dr.ª Rute Remédios, as opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-a. Neste blog, Julie D´aiglemont dá a sua. Opinião, claro. E nem sempre da forma mais respeitosa. Isso ofende a vossa sensibilidade? Então, ide, ide. Ide ler o programa de um qualquer partido de extrema esquerda, que de certeza é mais consentâneo com vossos princípios morais.





quarta-feira, 11 de maio de 2011

Todas as cartas de amor são ridículas

Não sei se o poeta teria razão quanto ao facto de serem TODAS ridículas. Mas quanto às que a minha amiga Rosebudd recebeu quando ainda era uma jovem casadoira, não há dúvidas.
Esta data de 1987.
Deleitem-se.
Toda a carta é um mimo, mas não resisti a sublinhar a frase "gosto mais de ti do que da minha mãe" - um rapaz tão jovem e já com tanta consciência das influências edipianas!

11 comentários:

Pedro disse...

Omg! Haha :D

.:GM:. disse...

O rapaz estava lá. :-) A querer levá-la a jantar e à "buade". Fantástico!

Prezado disse...

A comparação com a mãe, pergunto-me se caiu bem...

Maria Papoila disse...

Muito bom! mim não, mén. :)

ricman disse...

Gostei do "jantarmos".
O puto prometia, já que hoje qualquer doutorando hifeniza esse tempo verbal.
Para algum doutorando que esteja a ler isto, o que quis dizer foi que hoje qualquer idiota põe um tracinho antes do "mos".

Julie D´aiglemont disse...

Aviso já que o moço não teve muita sorte. Há uma segunda carta com nova tentativa. Também é muito boa.

Teresa disse...

Fiquei fascinada com a caligrafia de instrução primária. E com o género de escrita, também de instrução primária (fez-me lembrar a redacção da Mafalda sobre a vaca ou, pior ainda, a do Manelinho sobre a Primavera). ;)

Pusinko disse...

Esse menino não foi aluno da minha mãe para apresentar tal caligrafia.
Uma pérola deliciosa.

Julie D´aiglemont disse...

A caligrafia pode parecer de criança, mas o apaixonado tinha 14 anos. Idade para ter juízo, portanto.

Prezado disse...

14? eu vejo pessoal de 30 a dizer o mesmo. O puto era precoce.

Maria Papoila disse...

Porra! também te gamaram posts! E comentários, que eu já tinha comentado este post.

Aaah bandidos dum cabrão!